O que é tráfego orgânico? Baixo investimento e muito retorno

Se você tem um site ou blog, certamente já leu por aí que precisa construir tráfego orgânico para o seu canal, certo? Não é para menos, investir neste tipo de tráfego é uma forma barata e sustentável de conquistar público para o seu site. Mas, antes de começar qualquer trabalho para este fim, é preciso entender o que é tráfego orgânico e porque ele é tão importante.

O que é tráfego orgânico?

Quando falamos em blogs e sites, existem diferentes tipos de aquisição de visitantes. As mais comuns são redes sociais, e-mail, tráfego direto, referências de outros sites e tráfego orgânico. Neste post, vamos falar sobre o último tipo, que representa os visitantes que chegam até um site a partir de mecanismos de busca, como o Google ou o Bing.

O tráfego orgânico diz respeito apenas aos cliques em conteúdos que aparecem de forma gratuita para quem realiza uma busca nessas ferramentas, ou seja, excluem-se os links patrocinados, considerados tráfego pago.

Por que tráfego orgânico é tão importante?

Os visitantes conquistados de forma orgânica são considerados o melhor tipo de tráfego para um site pelos profissionais de marketing – e não é por acaso. Veja alguns motivos pelos quais o tráfego orgânico é tão importante:

Demonstra relevância

A cada dia aumenta mais o número de pesquisas realizadas em ferramentas de busca como o Google e, também, a relevância que as pessoas atribuem aos sites que aparecem nas primeiras posições para a palavra-chave que digitaram. Estar no topo de uma página de resultados do Google, portanto, confere relevância à sua empresa ou canal de conteúdo.

Aumenta conversão

Uma vez que os resultados que aparecem nas primeiras posições em uma pesquisa são considerados mais relevantes, existe também a chance de ter um aumento significativo de conversão em seu site por meio do tráfego orgânico quando comparado ao tráfego pago. Os visitantes irão enxergar seu conteúdo, produto ou serviço como uma “indicação” do Google e terão uma tendência maior a confiar em seu site para uma conversão, seja ela um cadastro ou uma compra.

Sustentável e econômico

Ao contrário do tráfego pago, que precisa de investimento constante para trazer visitantes ao seu site, com o tráfego orgânico você necessita apenas de um esforço inicial para gerar conteúdos relevantes e, posteriormente, para realizar ajustes conforme o desempenho que eles tiverem. Por este motivo, investir em tráfego orgânico é muito mais econômico a longo prazo.

5 dicas para aumentar o tráfego orgânico do seu blog

Agora que já entendeu o que é tráfego orgânico e como ele é relevante para seu site, está na hora de saber o que fazer para garantir que os visitantes cheguem até você por meio de ferramentas de busca. Confira 5 dicas para impulsionar seu tráfego orgânico:

1. Crie os melhores conteúdos

Quando alguém faz uma pesquisa no Google, está procurando pela melhor resposta para alguma dúvida, seja à respeito de algum produto ou serviço, seja sobre alguma questão pessoal. Se você quer ter um bom desempenho entre os resultados para a busca feita com base em uma palavra-chave específica, precisa, portanto, responder da melhor maneira às dúvidas relacionadas a ela.

Para isso, os conteúdos precisam ser de extrema qualidade, aprofundados e incluir imagens e vídeos: tudo o que for possível para responder da melhor forma às perguntas dos diferentes perfis de visitantes.

2. Otimize suas páginas

Além de ter conteúdos de qualidade, será preciso otimizá-los de acordo com as técnicas de SEO (tradução do inglês para otimização para mecanismos de busca). Já fizemos aqui no blog da Criarte um checklist de SEO, que vai ajudá-lo a garantir que seu conteúdo esteja perfeito para ser encontrado nas buscas pelo Google.

3. Construa parcerias

Outro fator que ajuda muito na construção de tráfego orgânico e que também faz parte das técnicas de SEO é criar parcerias com outros sites e blogs que indiquem o seu conteúdo, por meio de links que levem até seu site. Tome cuidado, entretanto, para se focar apenas em canais relevantes e que tenham relação com a sua área de atuação.

4. Monitore seu desempenho

Depois de criar um bom conteúdo e otimizá-lo para as ferramentas de busca, você precisará monitorar seus resultados. Ferramentas como Google Analytics, SEMRush e Moz serão suas principais aliadas para acompanhar o crescimento de seu tráfego orgânico e comparar sua posição nos resultados de busca com a de seus concorrentes.

Com base em seus resultados, não deixe de identificar conteúdos que precisam ser melhorados e palavras-chave que podem ser relevantes para novos conteúdos.

5. Fuja dos atalhos

Por fim, entenda que o tráfego orgânico deve ser construído com base em boas práticas, sem procurar por atalhos. O Google cria e revisa com frequência seus algoritmos para identificar e punir os sites que adotam práticas chamadas de Black Hat, como compra de links, repetição sem contexto de palavras-chave ou utilização de conteúdo de terceiros. A longo prazo, utilizar esses atalhos pode deixar você mais longe de alcançar a quantidade de visitas orgânicas ideal para seu site.

Conheça mais dicas práticas para promover seu blog hoje mesmo.

O que é tráfego orgânico? Paciência e trabalho bem feito!

O grande segredo para construir um bom volume de tráfego orgânico para um site é ter paciência e dedicar esforços com inteligência! Leva-se certo tempo para seu conteúdo começar a ter um bom posicionamento para determinada palavra-chave, por isso, sua visão precisa ser de longo prazo. Planeje-se, crie os melhores conteúdos e monitore seus resultados e, no tempo certo, você começará a receber visitantes por meio de buscas realizadas no Google. Mãos à obra!

Quer criar um blog profissional e não sabe por onde começar? Conheça os modelos de blogs que oferecemos e comece o seu hoje mesmo!


Agora que você já sabe o que é tráfego orgânico, comente abaixo qual seu maior desafio na produção de conteúdo? Compartilhe conosco nos comentários!